TRATAMENTOS

Endodontia

A endodontia, área da odontologia que atua no tratamento de canal, é indicada quando a polpa do dente sofre exposição direta ou alguma inflamação irreversível. O objetivo é resgatar a saúde do dente, impedir que ocorra uma extração e evitar que problemas mais graves se instalem.

Tudo pode começar com uma pequena cárie dental comum que não foi tratado logo no início. Dessa forma, pode progredir aos poucos até chegar na polpa e comprometer o dente completamente.

Quando isso ocorre, o primeiro sinal de alerta é um desconforto no dente, como ao ingerir água gelada, por exemplo. E, se continuar sem tratamento, esse pequeno incômodo pode evoluir para uma dor aguda.

Apesar da cárie profunda ser um grande indicativo para a necessidade de realizar um tratamento de canal, ela não é a única situação que exige o tratamento. Outras razões são:

  • Trauma dental, agudo ou crônico
  • Recorrente abscesso na gengiva
  • Sensibilidade prolongada do dente
  • Cor alterada do dente
  • Necessidade de tratamento protético
  • Dente quebrado

E é bom lembrar que não é preciso sentir dor no dente para indicar a necessidade de algum tratamento. Pode ser que ela não apareça, mas, ainda assim, ser necessário realizar um tratamento de canal.

Por isso, é muito importante fazer consultas periódicas ao dentista para detectar qualquer problema antes mesmo que eles se manifestem.

O tratamento de canal dói?

A resposta é não.

Há alguns anos, os dentes que tinham a polpa infeccionada ou morta eram extraídos ou passavam por um doloroso tratamento. Felizmente, hoje é possível ter um atendimento muito mais tranquilo e menos doloroso.

São usados aparelhos que aumentam muito a precisão no acesso e na desobstrução dos canais e fazem obturações mais eficientes.

Todo o procedimento é feito com anestesia local, portanto a sensação de dor diminui bastante, tornando-se quase inexistente. Pode haver algum desconforto após o tratamento ser realizado, mas é facilmente controlado com medicamentos.

Como ocorre o tratamento de canal?

Para realizar o canal, o dentista precisa abrir o dente para retirar a polpa do dente infeccionada, danificada ou morta. Em seguida, o interior do dente passa por uma limpeza, para desinfetar o local. Para finalizar, o canal é preenchido novamente e vedado.

Quando realizado adequadamente, o tratamento de canal salva aquele dente que poderia ter sido perdido. Entretanto, isso não significa que ele não possa voltar a apresentar problemas futuramente, principalmente devido à falta de higienização.

Por isso, não descuide da saúde bucal, faça uma escovação caprichada e use o fio dental diariamente. Além disso, visite seu dentista regularmente.

O valor de um tratamento de canal depende de diversos fatores. Entre eles a gravidade do caso, a extensão da lesão e de como a raiz foi comprometida.

Para saber mais sobre o tratamento de canal, agende sua avaliação, e converse com nosso profissional.  O especialista em Endodontia da D`Amaro Odontologia Estética pode tratar o seu problema de canal e aliviar suas dores.